Confira 10 itens que você deve ficar de olho para comprar um imóvel na planta!

Muitas pessoas sonham com a compra de um imóvel ainda na planta, pois estará com tudo novo para ficar do jeito que você sempre desejou. Mas na hora de investir nessas unidades é preciso ter em mente alguns questionamentos.

Antes de tudo, é necessário buscar referências da construtora para não se arrepender futuramente. Veja a forma que a empresa lida e trata seus clientes, o histórico das obras entregues e o padrão de acabamento utilizado nos empreendimentos.

Já que as prestações do financiamento irão fazer parte do orçamento após a entrega do imóvel, também é importante conhecer qual o valor da taxa de condomínio cobrada. Pois você pagará as duas simultaneamente, por um determinado período. Então procure saber se os gastos estão de acordo com sua realidade financeira.

Apesar de todos os cuidados necessários ao adquirir um imóvel na planta, uma das grandes vantagens nessa negociação é a opção que algumas construtoras oferecem de customização do imóvel. Algumas construtoras permitem que os compradores mudem paredes, escolham os acabamentos, deixando o apartamento do jeito que sua família deseja.

Para requerer a estas modificações, é preciso ter uma boa noção de como será o empreendimento, da metragem da área privativa e suas devidas divisões. Por isso, o ideal é visitar o decorado e consultar um profissional de arquitetura para dar toda a orientação, se possível junto a equipe da construtora.

Abaixo listamos 10 itens para que você fique de olho:

1 – Valorização

Se você quiser comprar um imóvel para investir, aposte nesta opção. Após concluído, seu apartamento estará com valor muito maior do que o valor pago na planta.

2 – Conheça a empresa

Visite outros imóveis construídos pela mesma empresa, converse com o síndico e com os moradores sobre a qualidade do material empregado.

3 – Personalização

Muitas construtoras permitem a modificação de paredes e acabamentos ou a escolha entre várias opções de plantas.

4 – Projeto aprovado

Verifique se o projeto arquitetônico está aprovado pela prefeitura e o registro do memorial de incorporação no Cartório de Imóveis.

5 – No seu bolso

Procure saber qual será o valor do condomínio. Pois você terá que arcar com ele e com a parcela do financiamento.

6 – Localização

Na hora de escolher o andar, fique atento à localização, se o apartamento recebe sol da tarde ou da manhã e qual será a vista.

7 – Memorial

O documento deve ser anexado ao contrato e contém exatamente qual será o acabamento, a metragem de cada ambiente e outros detalhes sobre o imóvel.

8 – Conheça a maquete

A maquete ajuda a ter noção da localização do imóvel. O decorado dá uma ideia do espaço disponível na área interna.

9 – Prazos

Leia atentamente o contrato e fique por dentro de todas as cláusulas e termos, principalmente os que dizem respeito aos prazos.

10 – Pagamento flexível

Algumas construtoras oferecem possibilidades de financiamento com a própria empresa e a negociação pode ser mais flexível com relação aos prazos de pagamento.

 

Fonte: Jornal A Gazeta

Tags: , , , , , , , , , , , ,

Comments are closed.