Quarto à prova de alergias!

Com 8 dicas simples dadas pela Associação Brasileira de Alergia e Imunopatologia, você deixará seu ambiente livre deste incômodo.

1. Cortinas

O melhor tipo de cortina é a persiana, que você pode limpar com pano úmido todos os dias. Mas, se gosta das cortinas de pano, escolha um tecido que seja bem fininho –ele junta menos pó. Lave a cortina a cada 15 dias.

2. Janelas.

O segredo é a ventilação: deixe as janelas abertas por duas horas diariamente. O melhor horário é o do almoço, quando o sol está mais forte.

3. Edredom

Se ainda estiver friozinho à noite, o melhor para evitar alergia é usar edredom. “Cobertores com muitos pelos acumulam pó e ácaros”. E não tem segredo, lave uma vez por mês e deixe-o exposto ao sol.

4. Bichinhos de pelúcia

Esses bichinhos, apesar de deixarem o quarto uma graça, são um prato cheio para atrair pó e ácaros. Pois é, eles são os grandes vilões das alergias. A indicação é dar banho neles uma vez ao mês e deixá-los bem expostos ao sol. Os especialistas dão mais uma dica: “Uma vez por semana, coloque os bichinhos dentro de um saco plástico e deixe-os uma noite inteira no congelador. Isso matará os ácaros”.

5. Armários e cômodas

Limpe seu armário com uma receitinha bem simples: pano umedecido com vinagre branco. Ele atua como antimofo! E atenção: é importante lavar todas as roupas de frio antes de usá-las. “Outra alternativa caseira para tirar umidade é espalhar giz de lousa no móvel. Ele absorve a umidade e tem um preço bem baratinho”.

6. Chão

Esqueça o carpete e a vassoura, eles são aliados dos ácaros. O quarto deve ter piso frio ou de madeira e a limpeza deve ser feita só com pano úmido, uma vez ao dia, pelo menos. Se preferir usar aspirador de pó, precisa ter filtro Hepa – o único que tira os ácaros.

7. Tapete

Só se for pequeno e com poucos pelos. Lave o tapete a cada 15 dias e só coloque-o no quarto quando estiver bem sequinho, ok?

8. Lençóis

A melhor maneira de evitar contato com ácaros é usando uma capa que cubra o colchão inteirinho e fique por baixo do lençol. Essas capas são fáceis de encontrar e devem ser lavadas a cada 15 dias. Já o lençol que vai por cima deve ser lavado uma vez por semana. É o suficiente. Para quem não tem a capa, a especialista indica o uso de lençóis de tecidos grossos – juntam menos pó e a troca deles duas vezes por semana para lavagem na máquina.

 

Fonte: M de Mulher

Tags: , , , , , , , , , , , ,

Comments are closed.